Zikagames - Início Ir para conteúdo
keyboard_arrow_down
account_circle Entrar

Entrar



  • Não recomendado para computadores públicos


  • Esqueceu sua senha?

person_add Cadastre-se
Entre para seguir isso  
ryzen

Dez celulares da Nokia que fizeram sucesso nos anos 2000 ( VENHA RELEMBRAR! )

Posts Recomendados

A Nokia marcou a geração dos anos 2000 com celulares famosos no Brasil. Um dos aparelhos mais lembrados até hoje é o Nokia 3310, conhecido por ser "indestrutível", oferecer boa autonomia, e que chegou a ganhar um relançamento em 2017. Outros modelos também se tornaram clássicos e foram fenômenos de venda, sejam no estilo flip ou barra, como o Nokia 1100 e o 6101, que permanecem na memória dos consumidores até hoje.

A empresa finlandesa encerrou as atividades em 2014, mas voltou a atuar em 2017, como uma divisão da HMD Global, oferecendo smartphones modernos e adequados aos dias atuais, com sistema Android. Para relembrar os tempos de sucesso da Nokia no mercado brasileiro, o TechTudo reuniu dez celulares famosos da marca lançados nos anos 2000.

 

1. Nokia 3310 (2000)

Lançado no ano 2000, o Nokia 3310 marcou a geração de celulares do estilo barra e é lembrado até hoje com nostalgia. O aparelho foi um dos mais famosos modelos a permitir uma maior interação do usuário. Ele disponibilizava um menu organizado e permitia enviar mensagens SMS, adicionar até 250 contatos na agenda, realizar conferências, inserir papel de parede, usar músicas como toque monofônico, além de trazer o clássico “jogo da cobrinha”.

Até hoje, o celular é lembrado na Internet pela sua robustez e resistência a quedas, sendo alvo de memes como um “celular indestrutível”. Em 2017, momento em que a Nokia voltava ao mercado mundial, o 3310 ganhou uma versão repaginada e mais moderna, com direito à câmera de 2 MP, acesso à Internet, Bluetooth e dual SIM.

Nokia 3310 marcou época e ganhou fama de indestrutível na Internet � Foto: Divulgação/Nokia

 

 

2. Nokia 1100 (2002)

O Nokia 1100 foi lançado em 2002 e também possuía display monocromático, mas com textos em preto e branco e uma iluminação com luz âmbar, modernizando a experiência. Sua bateria também era um dos maiores atrativos: a carga aguentava até 380 horas de autonomia — quase 16 dias sem precisar carregar o celular. O aparelho era vendido com capinhas coloridas, teclado de silicone e possuía leve proteção contra poeira. Um item que chamava a atenção era uma lanterna localizada no topo do celular, o que lhe garantiu o apelido de “lanterninha”. Na época, chegou a ser o celular mais vendido do Brasil.

O Nokia 1100 tinha várias cores disponíveis  � Foto: Divulgação/Nokia

 

 

3. Nokia 6820 (2003)

O Nokia 6820 chegou ao mercado em 2003 e causou curiosidade devido ao seu design ultramoderno: o pequeno teclado físico, de teclas alfanuméricas, se desdobrava por cima do aparelho e se transformava em um teclado QWERTY. Outro item tecnológico era o joystick de cinco posições, que ajudava na navegação da tela colorida de 128 x 128 pixels. A câmera permitia gravar vídeos e capturar imagens em modo noturno — os conteúdos eram salvos na memória interna de 3,5 MB. O celular podia se comunicar por meio de transferência de dados via Internet EDGE, Bluetooth e infravermelho.

Nokia 6820 se desdobrava para aumentar o teclado � Foto: Divulgação

 

 

4. Nokia 6101 (2005)

O Nokia 6101 inovou ao permitir tirar selfies em 2005, época em que esse tipo de foto ainda não era comum. Com o celular fechado, era possível ver as imagens da câmera VGA no pequeno visor externo e, assim, capturar autorretratos. A tela secundária também permitia ver diversas informações sem precisar abrir o aparelho, como o nome de quem estava ligando, alertas de novas mensagens, um plano de fundo colorido, além de níveis de sinal e bateria. O modelo foi um dos celulares flip mais famosos da Nokia, com um elegante design em preto e prata, além de uma antena aparente.

Nokia 6101 permitia tirar "selfies" em 2005 � Foto: Divulgação

 

 

5. Nokia 6111 (2005)

Este modelo apostava em um formato slider, deslizante, em que era preciso subir a tela para que o teclado alfanumérico surgisse — a tela possuía resolução de 128 x 160 pixels, com 252 mil cores. A câmera era considerada potente para a época, com 1 megapixel, flash de LED, zoom digital de 6x e capacidade para gravar vídeos de até uma hora de duração e streaming. O celular oferecia suporte para toques em mp3 e mp4, além de download de temas estilizados. A bateria tinha autonomia para ficar até 10 dias em modo de espera.

Nokia 6111 foi lançado em 2005 com câmera de 1 megapixel � Foto: Divulgação

 

 

6. Nokia N70 (2005)

O Nokia N70 chamava a atenção pelo design moderno associado ao formato de barra considerado robusto. O aparelho também ficou famoso pela grande capacidade de memória interna: 22 MB com suporte para cartão de mais 64 MB, permitindo salvar imagens, músicas no player mp3, mensagens multimídia, videoclipes e apps. Além da câmera traseira, de 2 megapixels, o modelo apresentava um sensor VGA frontal. O celular usava sistema Symbian, o que permitia a utilização de aplicativos Java, melhores gráficos e a possibilidade de baixar jogos modernos.

Nokia N70 possuía câmera frontal VGA � Foto: Divulgação

 

 

7. Nokia N90 (2005)

Também lançado em 2005, o Nokia N90 inaugurou uma nova forma de utilizar a câmera em celulares flip: o celular possuía uma tela giratória em 90º, com travamento em quatro modos, permitindo capturar fotos em ângulos diferenciados. A câmera possuía 2 megapixels, resolução de 1600 x 1200 pixels, flash integrado, zoom digital de 20x e função autofoco. Também era possível acessar um editor de foto e vídeo e compartilhar as imagens na Web. O celular permitia baixar e ouvir músicas em mp3, usar apps em Java e transmitir arquivos por Bluetooth.

Nokia N90 inovou na maneira de fotografar com o seu flip giratório � Foto: Divulgação/Nokia

 

 

8. Nokia N95 (2006)

O poderoso Nokia N95 chegou ao mercado em 2006 trazendo uma câmera de 5 megapixels com lente Carl Zeiss, equivalente às câmeras digitais vendidas na época. O sensor permitia gravar vídeos com qualidade de DVD, de até 30 fps. O design prateado possuía formado deslizante, em que era preciso subir a tela para acessar o teclado alfanumérico, ou descê-lo para abrir os controles multimídia. A parte traseira possuía uma cor mais escura, o que deixava o aparelho ainda mais parecido com uma câmera. O celular vinha com um menu que permitia baixar músicas e vídeos por conexão 3G, acessar e-mails, navegação por GPS, além de 160 MB de memória interna.

N95 oferecia câmera traseira e frontal com teclado retrátil para digitar ou ouvir músicas  � Foto: Divulgação/Nokia

 

 

9. Nokia 5200 (2006)

O Nokia 5200 possuía um design único, feito em plástico branco com detalhes que podiam ser vermelhos ou azuis, famoso entre jovens e adolescentes da época. O aparelho oferecia uma câmera VGA, bastante modesta se comparada a outros celulares do mercado. Apesar disso, era possível gravar vídeos, reproduzir músicas em mp3, acessar a Internet e aumentar a memória por meio de cartão microSD.

Nokia 5200 foi sucesso entre jovens nos anos 2000 � Foto: Divulgação

 

 

10. Nokia C3 (2010)

Já em 2010, o Nokia C3 foi lançado como celular de baixo custo e sistema operacional próprio. Com um teclado QWERTY e tela e 2,4 polegadas, o C3 suportava conexão Wi-Fi e permitia acessar sites, redes sociais, e-mails, acessar streaming e fazer downloads. Sua câmera de 2 megapixels possuía zoom digital de 4x e configurações de luz.

Nokia C3 � Foto: Divulgação

 

 

 

Créditos ao Nokia Museum

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • FIQUE POR DENTRO!
    -Fique por dentro das regras da nossa comunidade! Para mais informações clique aqui!

    - CONFIRA NOSSOS EVENTOS: Premiações em acessórios gamers e gift cards. Para mais informações clique aqui!  
  • streamers parceiros!





×