Zikagames - Início Ir para conteúdo
keyboard_arrow_down
account_circle Entrar

Entrar



  • Não recomendado para computadores públicos


  • Esqueceu sua senha?

person_add Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''pelo''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Anúncios e novidades
    • Regras
    • Anúncios
    • Entre para a equipe Zikagames!
  • Eventos Exclusivos - Zikagames
    • Bolão do Brasileirão!
    • Sorteios Zikagames!
    • Membro do mês - Zikagames!
    • Outros eventos
  • Parceiros da Zikagames!
    • TZN SHOW!
    • Athens Graphics - Discord
    • Autism - Discord
  • Espaço do usuário
    • Apresente-se para a Zikagames!
    • Tutoriais Zikagames
    • Suporte ao usuário
    • Sugestões/Reclamações
  • FPS Zone
    • Fortnite
    • PUBG
    • CS:GO
    • Apex Legends
    • CrossFire
    • Rainbow Six
    • Outros FPS games
    • Lixeira
  • RPG/MOBA zone
    • League of Legends
    • Tibia
    • World of Warcraft
    • WYD
    • Ragnarok
    • Grand Theft Auto - GTA
    • Red Dead Redemption 2
    • Outros RPGs/MOBA em geral
    • Lixeira
  • Plataformas
    • Xbox
    • Playstation
    • iOS/Android/Portáteis
    • Retrô/Emuladores
    • Lixeira
  • Design Zone
    • Galeria DesignZone
    • Tutoriais DesignZone
    • Recursos DesignZone
    • Pedidos DesignZone
    • Suporte DesignZone
    • Bate-papo DesignZone
    • Lixeira
  • Info ZONE
    • Softwares
    • Hardwares
    • Delphi
    • Visual Basic
    • C / C++
    • JAVA
    • Javascript
    • Desenvolvimento web
    • Criações InfoZone
    • Lixeira
  • Comércio ZikaGames
    • Promoções
    • Cupons
    • Doação/Venda/Troca entre usuários
    • Bate-papo (COMÉRCIO ZG)
    • Lixeira
  • Diversos
    • Bate-papo geral
    • Entrevistas
    • Trackers
    • Análises e Reviews
    • Notícias e Novidades
    • Músicas/Vídeos
    • Lixeira

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre


Discord


Instagram


Facebook


Twitter


Youtube

Encontrado 5 registros

  1. O que eu perco (e ganho) trocando o Google pelo DuckDuckGo Texto por Rodrigo Ghedin O Google ainda é, de longe, o buscador mais usado no mundo. No Brasil, sua fatia do mercado passa dos 90%, e não é por acaso: é um serviço, que costuma entregar o que o usuário procura numa frequência bem satisfatória. Apesar disso, o Google não é o único e, por uma série de razões, resolvi experimentar o DuckDuckGo por uns tempos. O maior motivo que leva alguém a abdicar do poder do Google por algo mais simples, como o DuckDuckGo, é privacidade. Desde que o projeto Prism foi revelado e com a crescente preocupação com a forma com que nossos dados são usados para segmentar anúncios na Internet, o interesse por alternativas mais transparentes aumentou. O DuckDuckGo passou a ser uma opção nativa (não padrão) no iOS 8, OS X Yosemite e no Firefox 34. Gabe Weinberg, CEO do DuckDuckGo, disse que o número de consultas feitas em seu buscador cresceu 600% nos últimos dois anos. E, o mais importante, ele funciona de uma maneira minimamente viável — não basta respeitar o usuário, é preciso, antes disso, prestar um bom serviço. Configure o DuckDuckGo como mecanismo de busca padrão no Chrome Por aqui, troquei o motor de busca do Chrome no início do mês. Fazer a troca é fácil, embora o caminho até lá não seja muito óbvio. É assim: Acesse o buscador, clique com o botão direito no campo de busca e, em seguida, em Adicionar como mecanismo de pesquisa. Depois, entre em chrome://settings/searchEngines, localize o DuckDuckGo na lista e clique no botão Tornar padrão, que aparece ao passar o cursor do mouse sobre ele. Feito isso, o Chrome passará a usar o DuckDuckGo em vez do Google na hora de fazer pesquisas na web. Por que o DuckDuckGo? É importante esclarecer desde já: o DuckDuckGo tem publicidade, e ela aparece nos resultados mais ou menos como no Google, Bing e outros buscadores tradicionais. O diferencial é que os anúncios são selecionados de acordo com a palavra-chave usada na pesquisa, e só. O Google usa isso e mais uma série de sinais, como o seu histórico de buscas, de navegação e geolocalização a fim de exibir anúncios (e resultados) mais segmentados. Outra estratégia de faturamento que o DuckDuckGo usa é o de links de referência de alguns sites de e-commerce, como Amazon e eBay. Alguns resultados vêm com um código na URL que garante, ao buscador, uma pequena comissão caso o usuário que clicou nela efetue uma compra. Esse modelo de negócio não interfere com a principal bandeira do DuckDuckGo, a privacidade. O site não coleta nada do usuário, que não tem nem mesmo acesso a uma conta/perfil. Algumas configurações são disponibilizadas e elas podem ser salvas na nuvem, mas isso é feito com uma senha, não com um login ou qualquer outro mecanismo capaz de identificar usuários. O DuckDuckGo não sabe quem você é, nem tem interesse nisso. Ele é neutro e igualitário. As desvantagens do DuckDuckGo Se por um lado essa abordagem garante mais privacidade, por outro priva o buscador de entregar resultados mais precisos. No Google, por exemplo, quando digito “restaurante,” ele exibe restaurantes da região onde me encontro no topo da página, logo de cara, sem que eu precise indicar o lugar. Afinal, o Google sabe onde eu moro ou estou e processa esse sinal, junto com dezenas de outros, para devolver resultados que fazem mais sentido para mim, indivíduo, Rodrigo Ghedin. É mais cômodo e a base do filtro invisível formulado por Eli Pariser. Já no DuckDuckGo, “restaurante” retorna guias de São Paulo e sites de alcance nacional. Ele não sabe onde eu moro e não tem meu histórico de restaurantes próximos pesquisados, então devolve uma lista dos endereços mais populares derivados da palavra-chave buscada. Para consultas mais genéricas, não chega a ser problema — no caso, “restaurantes [nome da cidade]” no DuckDuckGo já eleva em muito o nível dos resultados, a ponto de os tornar aceitáveis. No geral, aliás, o buscador é bem competente e não fez eu me sentir privado de muita coisa por deixar o Google de lado. Só em alguns casos, e uns bem específicos e úteis. Imagens é um clássico. A do Google é bastante refinada, permitindo filtrar os resultados por cores, tamanho e outros critérios — até imagens com licenças de uso livre! Também dá para buscar pela própria imagem (pesquisa inversa), não apenas palavras-chave, o que é bem útil para encontrar a fonte de uma ou versões em tamanhos diferentes. A pesquisa por imagens do DuckDuckGo não é de todo ruim, mas não chega perto do detalhismo que o Google fornece. Falta ao DuckDuckGo, também, um filtro temporal. O Google oferece uma ferramenta que limita os resultados a períodos, o que é muito útil para encontrar notícias específicas, especialmente quando os termos estão envolvidos em alguma notícia mais recente e as buscas retornam esse novo fato, deixando o antigo no limbo da segunda página de resultados em diante. Mesmo sem o filtro temporal, o DuckDuckGo perde na busca por notícias. Não é de hoje que o Google aposta em conteúdo em tempo real, e esse esforço se faz ver na prática. Tanto notícias de última hora, quanto mais antigas, são mais fáceis de serem encontradas no Google. E… bem, nessas horas eu pulo para lá sem muita cerimônia. O bom é que o DuckDuckGo facilita esse trânsito, e essa é só uma das peculiaridades bacanas do serviço. Onde o DuckDuckGo acerta Se eu quero pesquisar algo no Google a partir do DuckDuckGo, basta colocar um !google antes da consulta. Um vídeo direto na pesquisa do YouTube? Basta inserir !youtube antes. O mesmo vale para !facebook, !twitter e uma variedade de outros sites. São os !bangs, que “teletransportam” o usuário do DuckDuckGo para os mecanismos de busca de outros sites. O serviço também tem respostas diretas para contas, conversor de medidas, informações factuais, filmes, livros até coisas menos comuns, como palavras que rimam, status de voos e um timer nativo. As respostas instantâneas, nome dado a esse conjunto de resultados precisos, são relativamente novas, mas já são mais de 100 disponíveis e o DuckDuckGo continua a receber novas ideias e contribuições — o mecanismo tem o código aberto; as melhores criadas e implementadas estão reunidas neste site. No quesito usabilidade, mais elogios. O DuckDuckGo destaca o site oficial da palavra-chave pesquisada, por exemplo, o que é um adianto. Os resultados têm rolagem infinita e há opções de temas para quem não curte o padrão. (Eu uso um alternativo, o Contrast.) Se não gostar de nenhum deles, as configurações permitem formatar a página nos mínimos detalhes, de cores à tipografia. E não só; toda a experiência de uso do DuckDuckGo é bastante personalizável. Vale trocar o Google pelo DuckDuckGo? É impossível negar que há uma perda na qualidade dos resultados. O DuckDuckGo é ótimo, mas ao abdicar do monitoramento dos usuários, ele perde em personalização e isso sem dúvida afeta os resultados. É, afinal, o dilema da privacidade vs. comodidade em ação. O fator hábito também pode pesar um pouco para quem está acostumado às ferramentas e atalhos mais avançados do Google, mas nada que um pouco de paciência e interesse não resolvam — várias dessas coisas estão no DuckDuckGo, só que são acessíveis por caminhos diferentes. E, claro, o serviço tem lá seus recursos sedutores, como os !bangs e a personalização da página de resultados. No mínimo, vale a pena experimentar. Se não gostar, pelo menos você terá a tranquilidade de que esse período de testes não deixou rastros dos seus gostos e hábitos num servidor obscuro em algum canto da Internet…
  2. Em League of Legends (LoL) é importante que os jogadores façam estratégias de habilidades que envolvam itens, feitiços e runas ao escolher um campeão para uma partida. Além disso, o player deve saber quais personagens podem ser counters e planejar reações. Para escolher a melhor build para o seu campeã, o jogador de LoL pode recorrer a sites que disponibilizam guias escritos por outros players experientes. Veja, a seguir, como criar um guia no site Mobafire. "Guias Completos" oferecem um conteúdo detalhado, e por isso se destacam em relação a outros. Para construir um guia que se encaixe nesse padrão, é necessário alocar totalmente as runas, ter pelo menos dois feitiços de invocador selecionados, distribuir os pontos de habilidades por todos os 18 níveis e escrever, no mínimo, três mil caracteres. Passo 1. Usuários que não possuem um perfil no site Mobafire podem criar guias, mas não poderão editá-los futuramente. Além disso, guias de convidados não são listados e só podem ser achados por meio de links diretos. Portanto, acesse "Join now" ou "Log in" no canto superior direito para criar sua conta; Passo 2. Ao criar sua conta, clique em "Create Guide" no canto superior esquerdo e, em seguida, selecione "Start a Guide"; Passo 3. Preencha os campos de acordo com o guia que deseja criar. Dê um nome, especifique a categoria, selecione uma rota e escolha um campeão; Passo 4. Selecione a skin que será a capa do seu guia. Feito isso, aperte "Next" para concluir a primeira parte; Passo 5. Selecione os feitiços que seu campeão utiliza. Caso queira adicionar mais opções de spells, clique em "Add spell group" para abrir outra caixa. Ao finalizar todas as alterações, aperte "Next" para avançar; Passo 6. Selecione os itens que fazem parte da build do seu campeão. Utilize o "Item Search" para auxiliar na busca do item específico ou use a barra de rolagem ao lado. Caso queira adicionar outro grupo, clique em "Add item set".Quando estiver tudo finalizado, aperte "Next". É possível, assim como na aba de feitiços, nomear os grupos ao escrever na caixa "Title"; Passo 7. Nessa etapa, especifique a ordem de habilidades por nível, ou seja, qual skill se deve upar conforme o jogador evolui na partida. Se houver outras opções para a ordem de habilidades, o usuário pode criar mais uma página ao clicar em "Add ability page". Aperte "Next" para avançar; Passo 8. Construa suas páginas de runa. Primeiro, escolha o grupo e, em seguida, monte a árvore rúnica. É possível criar mais de uma opção, basta clicar em "Add rune page"; Passo 9. Selecione os campeões que são considerados uma ameaça ao seu herói. Busque pelo nome do campeão ao digitar na caixa "Champion Name"; Passo 10. Feito isso, especifique a dificuldade de se jogar contra o campeão escolhido. Caso queira adicionar outras ameaças, selecione a opção "Add threat"; Passo 11. Repita o processo dos dois últimos passos do tutorial para selecionar o campeão que possui sinergia com seu herói. Em seguida, especifique o quão boa é a cooperação entre os dois campeões. Caso queira adicionar outras opções, clique em "Add synergy"; Passo 12. Ao passar por todas as etapas, o usuário estará pronto para começar a escrever o corpo do guia. Crie um nome para o capítulo ao clicar em "Chapter Title" e comece seu texto. Para adicionar outros capítulos ao seu guia, selecione a opção "Add chapter". Ao clicar em "Save", o guia é salvo e pode ser editado futuramente. Nessa opção, somente o autor pode visualizar o texto. Em "Preview", o usuário é levado para uma outra aba, onde pode analisar uma versão do seu guia. Já o botão "Publish" publicará o guia, que ficará visível para outras pessoas. Aperte "Back" para voltar e alterar etapas anteriores, caso seja necessário. Via Mobafire
  3. Nesta terça-feira, 16, partidas de Barcelona, Manchester United, Juventus e Ajax serão transmitidas pelo Facebook; saiba como assistir Os melhores jogadores de futebol do mundo podem ser acompanhados pelo Facebook: o Esporte Interativo, dono dos direitos de transmissão da UEFA Champions League, disponibiliza um streaming das partidas pela rede social. E o Olhar Digital ensina como fazer para assistir. A UEFA Champions League, ou Liga dos Campeões da Europa, é o maior torneio interclubes da Europa, contando com a participação de times gigantes como Barcelona, Manchester United, Juventus, PSG e muito mais. Nos gramados europeus desfilam craques como Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar e outros. E todos eles podem ser acompanhados pelo Facebook. Nesta terça-feira, 16, o Esporte Interativo transmite dois jogos das quartas-de-final da edição 2018-19 da Champions League. Confira quais são as partidas, qual o horário delas e como assistir: Quais são os jogos? Juventus (Itália) x Ajax (Holanda) - 16h (horário de Brasília): após o empate na primeira partida, a Juventus de Cristiano Ronaldo tenta garantir a classificação em casa. Barcelona (Espanha) x Manchester United (Inglaterra) - 16h (horário de Brasília): na primeira partida, o Barcelona derrotou o Manchester United na Inglaterra e agora joga por um empate diante da sua torcida. Como assistir É só curtir a página do Esporte Interativo pelo Facebook (clique aqui para ir para página) e depois procurar pelo vídeo do jogo na hora da transmissão - ele pode ser encontrado na área "Facebook Watch". Créditos ao OlharDigital!
  4. Prezados, Bom rapaziada meu nome é Rafael conhecido como FIX, hoje irei mostrar como faz abrir um link em Visual Basic então vamos lá né! Crie um projeto em VBç Após iniciar seu projeto adicone um button ou sei lá que queira fazer abrir o link; Após adicionar o item que você queria que abra link; Vá e de dois cliques em cima do item; Após dar dois cliques abrirá um aba de códigos; Vai lá é escreva: (no caso invés do ``https://zikagames.com´´ coloque seu site https://urldoseusite.com) Process.Start ("https://zikagames.com") Não esqueça de por https:// antes do www.seusite.com
  5. O celular não permite acessar de forma direta a senha de uma rede Wi-Fi conectada no aparelho, mas existem ao menos duas formas de descobrir a informação. Ao conectar-se à internet sem fio, o smartphone passa a ter acesso ao roteador de onde vem o sinal original, abrindo caminho para desvendar o código de acesso à rede. Quer saber como fazer, confira o passo a passo a seguir. E se quiser conferir mais dicas como esta, inscreva-se no nosso canal e ative o sininho com as notificações. Créditos ao TechTudo!




×