Zikagames - Início Ir para conteúdo
keyboard_arrow_down
account_circle Entrar

Entrar



  • Não recomendado para computadores públicos


  • Esqueceu sua senha?

person_add Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''fazer''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Anúncios e novidades
    • Regras
    • Anúncios
    • Entre para a equipe Zikagames!
  • Eventos Exclusivos - Zikagames
    • Bolão do Brasileirão!
    • Sorteios Zikagames!
    • Membro do mês - Zikagames!
    • Outros eventos
  • Parceiros da Zikagames!
    • TZN SHOW!
    • Athens Graphics - Discord
    • Autism - Discord
  • Espaço do usuário
    • Apresente-se para a Zikagames!
    • Tutoriais Zikagames
    • Suporte ao usuário
    • Sugestões/Reclamações
  • FPS Zone
    • Fortnite
    • PUBG
    • CS:GO
    • Apex Legends
    • CrossFire
    • Rainbow Six
    • Outros FPS games
    • Lixeira
  • RPG/MOBA zone
    • League of Legends
    • Tibia
    • World of Warcraft
    • WYD
    • Ragnarok
    • Grand Theft Auto - GTA
    • Red Dead Redemption 2
    • Outros RPGs/MOBA em geral
    • Lixeira
  • Plataformas
    • Xbox
    • Playstation
    • iOS/Android/Portáteis
    • Retrô/Emuladores
    • Lixeira
  • Design Zone
    • Galeria DesignZone
    • Tutoriais DesignZone
    • Recursos DesignZone
    • Pedidos DesignZone
    • Suporte DesignZone
    • Bate-papo DesignZone
    • Lixeira
  • Info ZONE
    • Softwares
    • Hardwares
    • Delphi
    • Visual Basic
    • C / C++
    • JAVA
    • Javascript
    • Desenvolvimento web
    • Criações InfoZone
    • Lixeira
  • Comércio ZikaGames
    • Promoções
    • Cupons
    • Doação/Venda/Troca entre usuários
    • Bate-papo (COMÉRCIO ZG)
    • Lixeira
  • Diversos
    • Bate-papo geral
    • Entrevistas
    • Trackers
    • Análises e Reviews
    • Notícias e Novidades
    • Músicas/Vídeos
    • Lixeira

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre


Discord


Instagram


Facebook


Twitter


Youtube

Encontrado 16 registros

  1. Fortnite é um Battle Royale da Epic Games disponível para download no PS4, Xbox One, PC, Nintendo Switch e em versão mobile para baixar no Android e iPhone (iOS). Em março de 2019 o jogo recebeu o Modo Arena, atualização que trouxeram partidas ranqueadas. Todos começam na Divisão Um da Liga Aberta e podem chegar até a Divisão Sete da Liga dos Campeões. Para avançar para o próximo ranking, basta ganhar pontos de Fama com base no número de eliminações e colocação em cada partida. Chegar à divisão mais alta pode ser difícil, e para isso, o player deve conhecer as melhores estratégias no Battle Royale, incluindo atitudes que não devem ser tomadas. Veja, a seguir, cinco coisas que você nunca deve fazer em partidas de Fortnite. Não fuja do modo parquinho Lançado em julho de 2018, o Modo Parquinho é uma ótima forma de aprender e aperfeiçoar a habilidade de construção no game. Para os iniciantes, o modo pode ser uma maneira de se acostumar com o sistema de construção, que é diferente de outros jogos. Em Fortnite, é preciso saber criar paredes e rampas para driblar os adversários pois praticamente todo o mapa pode ser destruído por picaretas. No modo playground é possível realizar testes, jogar sozinho ou convidar um grupo de amigos para se divertir. Nele, os jogadores têm uma hora para terminar suas construções e explorar toda a cidade. Caso o jogador morra, ele é novamente lançado no ar e retorna ao mapa. Não use a configuração padrão do jogo Uma boa forma de melhorar seu desempenho nas partidas é mudar as configurações padrões do jogo. Se você tiver um mouse gamer, tem a opção de ter um ou dois botões extras no alcance do polegar, o que facilita e agiliza na hora de construir. Outra opção é dividir melhor as funções entre teclas do mouse e teclado para que elas fiquem perto uma das outras e sejam de fácil alcance das mãos. Também é importante desligar a sombra do jogo, pois por mais que fique visualmente mais bonito, isso pode atrapalhar na hora de visualizar um inimigo, por exemplo. Tanto na versão para PC como no Xbox One e PlayStation 4, o jogo também aceita controles, portanto, é importante decidir qual dos periféricos é o ideal. Não vá atrás de um adversário se tiver pouco material Na hora ir atrás de um adversário, a disputa pode acabar se tornando uma briga de construção, e o jogador com pouca madeira pode não conseguir se proteger. Para evitar essa situação, junte no mínimo 300 de material antes de ir para o combate. Se o player souber construir bem mesmo tendo pouca vida, pouca munição e armas não tão boas, ele pode ganhar uma partida apenas construindo e pegando o inimigo desprevenido. Por isso, não ter muito material pode te transformar em um alvo fácil. Ter madeira é essencial para sobreviver em campo aberto enquanto a área segura do mapa diminui. Preste atenção nas armadilhas nas paredes As armadilhas são encontradas principalmente em áreas muito frequentadas do mapa. Considerando que as armações causam 150 de dano, é muito importante tentar escapar. As armadilhas de parede podem ser evitadas ao andar perto da parede oposta. Além disso, os jogadores podem construir uma rampa para tentar bloquear os picos e, caso não tenha materiais para isso, também podem caminhar na beira dela. Fazendo isso, os picos não devem ser acionados já que seus sensores estão localizados mais próximos do centro. Não gaste munição para tentar detonar construções Os explosivos são muito eficientes em destruir as estruturas inimigas que costumam aparecer em grande quantidade perto do final das partidas. Sendo assim, é de extrema importância que o player guarde alguns explosivos no inventário para destruir as bases inimigas de maneira rápida e economize a munição para usar na hora de finalizar o adversário. Quando for destruir estruturas, tente acertar o pronto fraco para agilizar o processo. Via Gamepedia
  2. O Canva é um app de edição de imagens que roda direto do navegador. A ferramenta pode ser útil para fazer apresentações de slides online diferenciadas. O aplicativo conta com uma galeria com uma infinidade de modelos prontos que podem ser usados como inspiração. Depois de pronta, a apresentação pode ser exibida ou baixada para o computador em formato PDF. No tutorial a seguir, aprenda a usar o Canva para criar uma apresentação de slides online pelo PC. O aplicativo, vale lembrar, roda direto do navegador e você não precisa baixar ou instalar nada no seu computador. Passo 1. Acesse o site do Canva e faça login na sua conta. Para isso, clique em "Entrar", no canto superior direito da página. Caso necessário, crie um cadastro gratuitamente clicando em "Registre-se"; Passo 2. Agora, na página inicial do Canva, clique em "Apresentação". Você também pode usar a busca para encontrar modelos de slides; Passo 3. Na coluna lateral à esquerda, selecione o modelo que você quer e clique sobre ele para editá-lo; Passo 4. O modelo escolhido será aberto no editor. Clique sobre o slide que você quer editar. Para alterar o texto do modelo, clique sobre ele. As opções de formatação estão localizadas no painel logo acima; Passo 5. Você pode alterar a cor das figuras, fundo, margens e outros elementos. Para isso, basta clicar sobre o item desejado e escolher a cor no canto superior esquerdo. À direita, é possível copiar, mudar a posição e até a opacidade do objeto; Passo 6. Para adicionar novos slides, clique em "Adicionar nova página", logo abaixo do slide atual. Em seguida, na coluna à esquerda, clique sobre o modelo que você quer usar e arraste para a tela de edição; Passo 7. No canto superior direito, você pode adicionar anotações, mover o slide para cima ou para baixo, copiar ou apagar; Passo 8. Após fazer as edições desejadas, clique em "Iniciar apresentação", no canto superior direito da tela. Para baixar o arquivo, clique sobre o ícone da seta e selecione o formato do arquivo. Se o modelo escolhido possuir imagens com direito autoral, existirá a opção de pagar. Você pode optar por baixar gratuitamente com marca d'água. Pronto! Aproveite as dicas para criar uma apresentação de slides personalizada usando o Canva no PC. Créditos ao TechTudo!
  3. O celular Android requer alguns cuidados importantes para garantir segurança e funcionamento pleno. Presente em 85,9% dos smartphones no mundo segundo levantamento da IDC, o sistema operacional do Google dá liberdade para o usuário baixar apps de qualquer lugar, expandir o armazenamento e até explorar pastas internas do dispositivo. No entanto, é preciso ter precaução ao aproveitar essa flexibilidade. Veja, a seguir, sete coisas que você não deve fazer no telefone para evitar problemas. 1. Apagar pastas importantes Ao navegar no gerenciador de arquivos do celular, é importante ter cuidado para não apagar pastas de aplicativos e do sistema. O sistema operacional está protegido contra esse tipo de interferência se você não fez root no smartphone, mas alguns diretórios de aplicativos podem ser modificados pelo usuário e, com isso, prejudicar seu funcionamento. A menos que saiba muito bem o que está fazendo, não exclua nada que esteja fora da pasta Download, Documentos e de fotos (DCIM). 2. Baixar apps de fora da Google Play Baixar aplicativos fora da Google Play pode comprometer seriamente a segurança do celular. Apps com APK disponibilizado em lojas alternativas podem conter modificações para camuflar vírus e outros códigos maliciosos perigosos, abrindo caminho para hackers roubarem dados pessoais, por exemplo. Além disso, apps que não passam no crivo do Google podem não funcionar corretamente, prejudicando o desempenho do smartphone no dia a dia. Em todo caso, prefira sempre fazer download na Play Store. 3. Ficar sem antivírus Se você não se sente seguro para avaliar possíveis tentativas de golpe na internet, um bom antivírus para Android pode ajudar. Antivírus não costumam ter muita utilidade para usuários que tomam cuidado para não baixar apps perigosos ou clicar em links suspeitos. No entanto, os mais desatentos podem precisar lançar mão de um aplicativo de segurança para melhorar a proteção. Apps antivírus, vale lembrar, não só bloqueiam malware baixado no celular, mas também alertam sobre potencial ataque de phishing via SMS e e-mail. 4. Ignorar atualizações de software Não ignore a notificação que avisa quando uma nova versão do software está disponível: assim que o alerta surgir na tela, conecte no Wi-Fi, ligue o aparelho no carregador e execute o procedimento o quanto antes. Além de novas funções, atualizações do Android trazem melhorias importantes de segurança que devem ser implementadas no sistema o mais rápido possível, diminuindo as chances de seu celular ser alvo de ataques de hackers que buscam explorar vulnerabilidade conhecidas. 5. Deixar apps desatualizados Atualizações de aplicativos também costumam trazer correções de bugs de segurança e, por isso, não devem ser ignoradas. É importante ter atenção principalmente com apps bancários e outros que lidam com informações financeiras, já uma vulnerabilidade nesse tipo de programa pode significar perda de informações sensíveis. No entanto, em alguns casos, até apps aparentemente inofensivos como o WhatsApp podem ter falhas sérias. Por via das dúvidas, deixe o Google Play configurado para atualizar tudo automaticamente sempre que o celular estiver no Wi-Fi e conectado a uma fonte de energia. 6. Limpar memória com frequência Aplicativos disponíveis no Google Play que prometem melhorar o desempenho do celular podem mais atrapalhar do que ajudar se não forem usados com parcimônia. Esses apps geralmente trabalham com limpeza de memória, um artifício que pode dar a impressão imediata de aumento de velocidade, mas, na prática, tende a prejudicar o sistema. Com memória sempre limpa, o celular tem mais trabalho para carregar o Facebook e demais apps usados frequentemente, aumentando o consumo de energia e outros recursos do aparelho. A recomendação, é somente lançar mão de limpadores em último caso. 7. Usar cartão microSD de baixa qualidade Vários celulares Android permitem expandir a memória com cartão microSD, mas o acessório pode trazer prejuízo se não tiver as especificações ideais. Cartões de memória de baixo custo podem reduzir drasticamente a velocidade de operação do smartphone e até corromper dados, apagando fotos e vídeos importantes armazenados ali. A dica é usar cartões novos de pelo menos Classe 10, que entregam boa performance para a maioria dos telefones. Quanto mais potente for o celular, melhor deverá ser o acessório: se você tem um Galaxy S10 ou outro equivalente, opte por microSD de classe UHS 1 ou UHS 3. Créditos IDC e TechTudo!
  4. Devil May Cry 5 é o novo capítulo da clássica série de ação da Capcom. Lançado para PC (download via Steam), Xbox Onee PlayStation 4, o título permite criar combos devastadores com os três heróis jogáveis Dante, Nero e V. Confira no tutorial abaixo as melhores dicas para fazer muitos pontos nas lutas, as melhores armas para equipar e os comandos para derrotar os inimigos com facilidade e obter a maior nota possível: Como funciona o rank Assim como acontece nos demais jogos da franquia Devil May Cry, o jogador é premiado com um rank alfabético conforme constrói combos nas lutas. Mas não basta apertar um mesmo botão sem parar, pois a criatividade e variedade de comandos pesam diretamente na pontuação atribuída no canto direito da tela. Toda luta começa na letra D, o rank mais baixo, e vai escalando para C, B, A, S, SS e SSS de acordo com o seu sucesso. Ficar muito tempo sem efetuar golpes, ser acertado por um rival ou repetir comandos de forma incessante são todos fatores que fazem seu rank do momento despencar, então preste atenção e tome cuidado. Como comprar melhorias Há três personagens jogáveis em Devil May Cry 5, Dante, Nero e V, e é muito difícil conseguir construir ótimos combos SSS com suas formas iniciais, já que suas armas ainda estão muito fracas, há poucos movimentos iniciais e alguns poderes que acrescentam variedade aos combos só são habilitados no decorrer da campanha. Não se preocupe tanto com a pontuação até revisitar fases já completadas depois de terminar o game. No decorrer do jogo, lembre que é sempre possível visitar a loja da Nico clicando em “personalizar” antes de começar qualquer fase. Lá, você pode gastar seus orbes vermelhos em troca de melhorias de equipamentos. Quais melhorias comprar Os Orbes vermelhos são obtidos no decorrer das fases ao quebrar objetos e derrotar inimigos, e funcionam como a moeda corrente de Devil May Cry 5. Atente ao fato de que cada um dos três personagens possui a sua própria árvore de habilidades, e que as melhorias compradas para um herói não são refletidas nos demais. Então não adianta gastar todas as suas orbes no V, pois o Dante e Nero continuariam fracos. Na loja do V, é essencial aprimorar seus poderes das sombras para ter mais variedades de golpes. Com Nero, compre uma ampla variedade de Devil Breakers. Com Dante, não esqueça de melhorar suas pistolas e armas brancas na mesma medida. Como lutar bem com Nero O principal diferencial de Nero são os Devil Breakers, braços mecânicos customizáveis que podem funcionar como armas ou explosivos de acordo com a necessidade. Para não perder tempo em um luta, trave a mira em um inimigo apertando R1 no PlayStation ou RT no Xbox, e então aperte Círculo ou B para invocar um gancho e colar no rival. Se apertar os mesmos botões sem a mira travada, o Devil Breaker efetuará seu disparo normal. Na hora do aperto, caso esteja cercado de inimigos ou preso em um combo rival, aperte L1 ou LT para explodir o seu Devil Breaker, o que serve como ferramenta de fuga ao mesmo tempo em que gera muitos pontos. Como lutar bem com V Com V, mantenha sempre a distância, já que o personagem é muito frágil. O segredo é variar ao máximo o ataque das sombras, alternando entre os ataques com quadrado ou X, e triângulo e Y. Após atordoar os inimigos, trave a mira neles e aperte círculo ou B para que V faça um estiloso golpe de finalização. Quando estiver em períodos ociosos, segure o botão R2 ou RB para que V comece a encher sua barra demoníaca. Ela serve para invocar um pesadelo, que causa mais dano que qualquer outro golpe em seu arsenal. Assim, use todo e qualquer espaço que tiver para investir na leitura, enquanto suas feras fazem o trabalho de atacar. Como lutar bem com Dante Dante possui o arsenal mais completo e variado, pois herda as habilidades que adquiriu nos jogos anteriores, ao mesmo tempo em que ganha novos golpes. Alcançar o SSS com ele é mais fácil depois que se pega o jeito, pois basta se focar em alternar constantemente entre as armas brancas e de fogo circulando entre elas com os botões R2 ou RB, L2 ou LB, durante as lutas. Você também pode usar o direcional analógico para mudar sua postura de combate durante os combos, apertar círculo ou B para efetuar golpes especiais, e apertar L1 ou LT para invocar sua poderosa forma demoníaca. Varie constantemente entre os golpes e estilos para fazer muitos pontos. Como pontuar bem nas fases Ao fim de cada fase, você também recebe um rank pelo balanço geral da missão. Neste caso, não basta fazer combos SSS, pois também é preciso cumprir requisitos de tempo e desempenho. Gastar continues quebra o seu multiplicador final, por exemplo, e demorar muito para passar de fase também confere menos pontos. Ainda assim, se você seguir nossas dicas e se esforçar ao máximo para lutar com estilo e com vários combos SSS, aumentará muito as suas chances de ter a nota máxima ao fim das missões. Lembre que a prática leva à perfeição e revisite os cenários tantas vezes quanto for necessário até memorizar tudo e ter as melhores notas! Créditos TechTudo!
  5. icherango

    Se você estiver perdendo a TOPLANE contra campeoes do tipo, FIORA, ILLAOI,DARIUS entre outros na maoiria das vezes lutadores com muito dano, tente farmar mais safe em baixo da torre esperando os minions guerreiros tomarem 2 hit para depois você bater neles, e os minions maguinhos espera eles tomaram 1 hit. Não se esqueça que kill não ganha jogo e sim participação em Team Fight ajudar o time e seu farm. Não faça trocas quando vocÊ esta perdendo a lane e peça para seu jungler dar uma passada na sua lane, tente wardar no seu mato se você estiver ganhando para dar counter Jungler no inimigo. VANTAGENS seu inimigo recebe gank do seu jungler mais rápido, você fica forte sem morrer, você pode ir para cima do inimigo ou ficar pouqueando ele. DESVANTAGEM Sua torre toma bastante dano e você fica tomando dano dos minions
  6. É possível criar uma planilha financeira no Excel para controlar os seus gastos pessoais e detalhar as receitas e despesas mensais. O programa da Microsoft gera um balanço que informa quanto dinheiro é economizado ao longo do mês, ou se os gastos estão exagerados. No tutorial a seguir, saiba como elaborar uma planilha financeira no Excel. O procedimento foi realizado na versão mais recente do Office 2016, mas as dicas também valem para usuários de edições anteriores do programa. Passo 1. Abra o Excel e crie uma nova planilha em branco. Em seguida, elabore uma tabela usando o exemplo da imagem abaixo, adequando às suas necessidades. O objetivo é estabelecer uma tabela para as receitas (ou seja, o dinheiro obtido durante o mês) e outra para as despesas (gastos do mês). Abaixo de cada categoria, é preciso inserir os consumos, seus respectivos valores e data de pagamento; Passo 2. Agora, selecione as células em que você adicionou valores e altere o estilo para "Moeda". Para isso, na aba "Início", basta clicar em "Geral" e selecionar a opção indica; Passo 3. Na célula ao lado "Total" em despesas e receitas, entre com a fórmula "=soma" (sem aspas) e selecione todos os valores de cada categoria. Após fazer isso, pressione Enter. O Excel automaticamente somará as células assinaladas; Passo 4. Em "Balanço", você deve digitar "=" (sem aspas) e selecionar o total de receitas. Depois, digite o sinal de menos e clique sobre o total de gastos. Pressione Enter para calcular; Passo 5. Após fazer as edições desejadas, clique duas vezes sobre "Pasta1" e digite o nome do mês; Passo 6. Para novos meses, você pode copiar a planilha já pronta. Para isso, clique com o botão direito do mouse sobre o mês atual e vá em "Mover ou Copiar..."; Passo 7. Por fim, marque a opção "Criar uma cópia" e pressione "OK". Posteriormente, basta preencher com os gastos e receitas do novo mês que os cálculos serão realizados automaticamente. Pronto! Aproveite as dicas para criar uma planilha financeira no Excel. Créditos ao Techtudo!
  7. Muitos se perguntam o que é comentário construtivo, como deve se comportar em cada situação e nos trabalhos propostos pelos membros na galeria. Comentários que analise só uma parte da Sign, ou que só a elogiem, sem análise não ajudará os outros. Quando forem fazer uma análise, façam por etapas: Primeiro vejam a sign como um todo;Depois analis e a Render utilizada; Observe as cores, se combinam, contrastam entre si; Analise o background (BG), correlacionando-o com a render; Veja a tipografia, analise-a e veja sua relação com o restante; Analise também os efeitos, bordas, brushs, c4d's e etc aplicados na Sign; Após ser toda analisada, mostre soluções para os erros citados; Exemplo de Comentário Construtivo: Outro exemplo: Outro exemplo de comentário construtivo: Se você quer mesmo ajudar alguém, não exite em comentar bem, porque você não vai gastar nem 5 minutos para fazer um comentário bem feito. Pense no membro como alguém que você quer ajudar, como você quer crescer ele também quer, então ajude ele do mesmo jeito que você quer ser ajudado. Tutorial feito por AFO Wolfpack, -Onzted-, Calverd e RootZ ' Atenciosamente, Equipe WebFX
  8. Esse tutorial é BEM SIMPLES, mas vou compartilhar com vocês. Vai que ajuda alguém! Fortnite é o jogo grátis da Epic Games que virou febre em todas as plataformas em que está disponível (PS4, Xbox One, PC, Nintendo Switch, iOS e Android). Após um período de teste com beta fechado, o download do game completo foi liberado para todos os aparelhos Android sem precisar passar por convites ou filas de espera. Entenda como baixar, instalar e jogar em celulares com Android neste vídeo. E se quiser saber tudo sobre o universo dos games, inscreva-se no nosso canal e ative o sininho com as notificações. Créditos ao TechTudo!
  9. Você já pensou em fazer uma transmissão ao vivo, mas ficou com medo de ser muito complicado e acabou desistindo? Então esse artigo é para você: nele vamos te mostrar que, em 4 passos mais simples do que você imagina, é possível conseguir uma transmissão ao vivo de qualidade profissional! Saber como fazer uma boa live pode te ajudar muito em diferentes ocasiões e é uma aposta quente. Sabe por que? Bom, apenas pensando no alcance da internet você já consegue ter uma ideia: com a transmissão ao vivo você deixa de depender do tamanho de um auditório, por exemplo, e passa a ter o poder de atingir um público incrível. Além disso, esse tipo de ação apresenta, em média, um tempo de engajamento 10x maior do que vídeos sob demanda. Se você quer um exemplo da força de uma transmissão ao vivo, basta olhar para a forma como grandes marcas têm feito os lançamentos de seus produtos. A Apple, por exemplo, todo ano realiza uma live do evento em que apresenta suas novidades ao público. Assim, mais do que apenas à imprensa e à crítica especializada, a marca consegue fazer com que o mundo inteiro tenha acesso a esse momento e, assim aumenta o buzz e a curiosidade em torno dos produtos. Outro exemplo de utilização pode ser dada pela conexão com alunos em cursos e aulas online. O Descomplica, por exemplo, site voltado para preparações para o vestibular, realiza algumas lives com a finalidade de fazer aulões, responder perguntas ou resolver exercícios. Essa estratégia aproxima ainda mais os alunos e faz daquela experiência mais agradável e completa. Não é raro também encontrarmos quem utiliza as lives no mundo corporativo, como forma de evitar inúmeras reuniões e encurtar distâncias. E, claro, as emissoras de televisão ainda fazem parte de um dos maiores mercados da transmissão ao vivo atualmente. Visando atingir cada vez mais espectadores, a criação de aplicativos de conteúdo e transmissão ao vivo em diversas plataformas estão ficando cada vez mais comuns. Ou seja, a transmissão ao vivo é uma estratégia versátil, importante e que pode te dar uma valiosa diferenciação no mercado. Mas, afinal, o que você deve fazer para realmente realizar uma transmissão ao vivo? Para fazer uma transmissão ao vivo, você precisa de basicamente 4 coisas: 1. Equipamentos para captar imagem e som 2. Um computador com conexão a internet e uma placa de captura 3. Transformar o formato do arquivo e fazer o Broadcasting 4. Página de destino para o conteúdo 1.Os equipamentos Para que sua live seja eficiente e tenha sucesso, o primeiro passo e é entender e investir nos equipamentos certos – afinal, eles serão grandes responsáveis pela qualidade da sua transmissão ao vivo. É claro que o sucesso de uma live não depende apenas dos equipamentos, mas é um excelente começo. Câmera Para fazer uma live streaming de vídeo, você vai precisar de uma câmera. Mas qual a melhor e mais indicada? Isso depende da sua estratégia, da ocasião e do orçamento disponível. É possível fazer transmissões com uma câmera profissional ou até mesmo com uma webcam. Se você quiser investir numa captura profissional, é importante que você opte por uma câmera com uma saída HDMI limpa (clean output). Isso significa, nada mais, nada menos, que você conseguirá visualizar o vídeo tanto na câmera quanto na tela do computador e que a imagem transmitida para não terá informações técnicas da câmera (como data, hora e até mesmo o REC). Outro quesito importante é optar por uma câmera que seja Full HD. Assim você garante que a qualidade de imagem da sua transmissão ao vivo seja alta. A seguir, fizemos uma lista de modelos de câmeras que você pode usar em sua live: Sony A6000 (ou outras da série A6XXX) Sony A7s II (Ou outras da série A7x) Panasonic Lumix DMC-GH5 (ou outras da sére GHx) Canon EOS 5D Mark III Todas são bastante modernas, com recursos diversos que podem contribuir muito para a qualidade da imagem da sua transmissão. Falando de preço, elas podem variar de R$ 1.200,00 até R$ 10.000,00. Sony HXR MC2000 Sony HXR NX5 Logitech HD Pro C920 Lifecam Microsoft HD3000 Mesa de corte de vídeo Caso você escolha fazer a transmissão ao vivo utilizando mais de uma câmera, será necessário ter também uma mesa de corte. Esse equipamento também conhecido como switcher ou mixer de vídeo é usado para selecionar a tomada ou câmera onde será realizada a transmissão ao vivo. Ações como cortes secos, efeitos especiais e corte de áudio são gerenciadas por meio da mesa de corte de vídeo. Elas são essenciais para oferecer mais alternativas de captação e exibição caso o streaming ao vivo seja realizado por diferentes fontes de captura. Caso não seja possível adquirir ou utilizar uma mesa de corte real (física), existem alguns softwares que simulam e cumprem muito bem a função. Abaixo alguns exemplos: X-Split Broadcaster vMix Live Vidblaster Iluminação Para que sua live saia perfeita, outra ponto com o qual você precisa se preocupar é com a iluminação! Pense na experiência do usuário: se seu vídeo estiver escuro, com a imagem granulada ou, em alguns casos, até mesmo iluminado demais, há uma grande chance de que a audiência desista de te assistir. Por isso, se optar pela iluminação artificial, preze por escolher bons equipamentos, e, no caso de iluminação natural, fique atento à como a imagem está sendo exibida no visor. Microfone Falando em proporcionar a melhor experiência para o público, outro ponto chave na hora de começar sua transmissão ao vivo é ter certeza de que a audiência consiga te escutar com clareza. Por isso, caso você não possa contar com a própria câmera ou filmadora para fazer a captação do áudio, escolha um bom microfone e faça testes com o vídeo antes de começar a transmitir. Sem conseguir te entender, os usuários vão facilmente desistir do seu conteúdo. O microfone que você vai usar, depende muito do tipo de situação que você vai transmitir. Por exemplo, se for uma entrevista ou um programa em estúdio, em que se quer destacar a voz de uma ou mais pessoas específicas, o ideal é usar o microfone de lapela ou o sorvete, que captam o áudio de forma direcional e minimizam as interferências externas. Mas para que você realmente entenda tudo sobre microfones e captação de áudio, nossa dica é que você confira este outro artigo aqui. Ele tem informações completas sobre o assunto! 2. Computador com conexão à internet e placa de captura Além dos equipamentos de gravação, para fazer uma transmissão ao vivo é preciso que o vídeo seja preparado para a exibição em tempo real na internet. Para isso, além de um computador com internet e a estrutura necessária, você precisará também de uma placa de captura. Vamos falar mais sobre esses pontos a seguir: Placa de Captura Para fazer uma transmissão ao vivo, você precisa de uma boa placa de captura, pois é justamente ela que vai efetuar a transferência da imagem + som da câmera / VCR para o computador. Antes, as câmeras digitais necessitavam de um cabo FireWire para que fossem conectadas ao computador, mas hoje a tecnologia que deixa esse processo mais simples para você. Agora as câmeras, equipadas com uma saída HDMI, RCA ou SDI, podem ser ligadas por uma dessas conexões à placa de captura, que, por sua vez, é ligada ao computador utilizando-se um USB 3.0 ou um Thunderbolt. “Mas meu computador não possui placa de captura nativa, e agora?” Não se preocupe, existem placas de captura externas que podem ser plugadas na câmera e no PC através da mesma entrada FireWire ou cabos HDMI. Os modelos de placa que nós recomendamos são: BlackMagic Web Presenter ou Blackmagic Intensity Osprey 250 MyGica HD Cap X Epiphan AV.io AverMedia Live Gamer Portable Lite Computador com conexão à internet Como se trata de transmissão ao vivo na web, a internet é parte vital para que a live ocorra. É por meio da internet que o sinal será enviado aos servidores – que estão na nuvem – para que eles cuidem da distribuição do vídeo capturado. Muitos dizem ser possível transmitir ao vivo até com internet 4G, o que não é mentira. Acontece que esse tipo de conexão está sujeita a instabilidades. Se por acaso, ela cair totalmente, por exemplo, sua transmissão automaticamente irá sofrer os impactos: buffering, “tela preta”, travamento, etc. E sabemos que, se o evento é ao vivo, é porque ele está acontecendo naquele momento em especial. Se você deixar de transmitir alguma cena, mesmo que por alguns segundos, quando a conexão se restabelecer ela já terá passado e o internauta, perdido aquele fato. Aqui, pense mais uma vez na experiência de quem assiste: se a internet ficar cortando a transmissão e dificultando seu entendimento, é muito provável que as pessoas acabem desistindo da sua transmissão ao vivo e passem a dar atenção a outras abas da internet, fechando a sua logo em seguida. Isso pode, inclusive, fazer com que elas comentem negativamente sobre você e sua live com outras pessoas, impedindo-as de conhecer o seu trabalho. Dessa forma, para evitar maiores problemas e garantir estabilidade no live streaming, para uma transmissão ao vivo padrão o mais indicado é disponibilizar uma conexão de pelo menos 2MB de uplink dedicado e exclusivo para o servidor de upload – levando em conta apenas um canal de live streaming. Dicas para uma transmissão ao vivo de sucesso A escolha dos melhores equipamentos é um passo muito importante para o sucesso da sua transmissão ao vivo, mas não é o único! No momento da transmissão, existem alguns detalhes que podem garantir o sucesso da sua live. Confira algumas dicas: Interaja com o público As pessoas, em geral, gostam de interação, é por isso que as redes sociais são pensadas para, cada vez mais, proporcionar novas formas das pessoas interagirem entre si. No caso das transmissões ao vivo, a interação é, também, muito importante. Durante a sua live, uma boa dica é disponibilizar um canal de chat para receber e ler comentários dos espectadores, responder perguntas ou até mesmo somente ler alguns no ar. Assim, as pessoas ficarão mais interessadas no conteúdo, com vontade de participar e muito mais engajadas. Essa é uma das mais importantes vantagens de uma transmissão ao vivo, a interação em tempo real com o público. -------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Por enquanto é isso pessoal, há muito mais para editar aqui. Fiquem ligados que eu irei adicionar novas dicas!
  10. O registro é um componente importante do Windows, mas é muitas vezes ignorado pelos usuários. Isso ocorre por que esta parte do sistema operacional não interfere na vida do usuário comum e raramente é necessário modificar alguma de suas configurações. Mas, devido ao grande número de informações que, com o passar do tempo, se acumulam no banco de dados, pode ser preciso fazer uma limpeza. Limpar os registros do computador garante que entradas desnecessárias sejam eliminadas, melhorando a performance do sistema. Existem vários programas que podem fazer limpeza no registro do Windows. Neste tutorial, vamos usar o CCleaner para o processo; acompanhe e veja como funciona. Passo 1. A partir da tela inicial do CCleaner, clique em “Registro” e, em seguida, em “Procurar Erros”; Passo 2. O processo de busca dos problemas vai começar automaticamente. Quando ele estiver concluído, é possível conferir os erros encontrados pelo programa. Caso não queira mudar uma alteração, basta clicar na caixa e desmarcá-la. Em seguida, clique em “Corrigir erros selecionados”; Passo 3. Uma nova janela vai surgir perguntando se o CCleaner deve fazer um backup das informações que serão modificadas. A janela seguinte traz informações sobre cada erro do registro que será corrigido. É possível visualizar e corrigir cada um deles individualmente ou todos ao mesmo tempo; Passo 4. Após corrigir os erros, basta clicar em “Fechar” para terminar o processo de limpeza. Créditos ao TechTudo!
  11. O CCleaner é um dos aplicativos para limpeza e manutenção de computadores mais eficientes e usados do mundo. Com ele, é possível remover diversos arquivos obsoletos, senhas antigas, cookies, histórico de navegação, DLL antigas, registros de programas desinstalados, além de desinstalar programas e controlar os aplicativos iniciados no boot do Windows. Limpeza e otimização Passo 1. Para começar a faxina, faça o download do CCleaner e instale-o no seu computador com Windows. Passo 2. Abra o CCleaner e comece a limpeza pelos navegadores. O programa detectará automaticamente os aplicativos usados para acessar a internet, exibindo as opções de limpeza disponíveis. Passo 3. Escolha o que você deseja remover. Para isso, clique nas caixas correspondentes a cada opção de limpeza do navegador, Windows Explorer e Sistema. É possível desabilitar algumas opções de limpeza, como o "Esvaziar a Lixeira", caso você queira manter seus arquivos lá. Passo 4. Na aba “Programas” o CCleaner oferece opções de limpeza em outros navegadores e registros temporários de aplicativos. Passo 5. Assim que escolher todas as opções de limpeza, clique em “Analisar” para começar a faxina. Passo 6. Quando o programa terminar a varredura, um pequeno relatório sobre o quanto de espaço será recuperado, quais arquivos serão removidos e quais programas serão otimizados será exibido. Passo 7. Quando o CCleaner concluir a varredura de itens que podem ser removidos, clique em “Executar Limpeza” para removê-los. Passo 8. Para eliminar problemas de registro, clique na ferramenta “Registro”, no lado esquerdo da janela do CCleaner, e defina o que pode ser removido. Passo 9. Após definir os itens que serão removidos, clique em “Procurar Erros” para que o CCleaner inicie novamente a varredura. Passo 10. Para remover arquivos com problemas, clique em “Corrigir erros selecionados” e, em seguida, escolha se deseja criar um arquivo de restauração ou não. Passo 11. No menu “Ferramentas” ficam disponíveis as funções extras do CCleaner: Desinstalador de Programas, Programas iniciados com o Windows, Restauração do Sistema e Limpeza do dispositivo. Escolha qual deseja usar clicando sobre a opção. - Para desinstalar um programa, clique sobre o aplicativo e, em seguida, vá até “Executar Desinstalador”. - Para definir quais programas podem iniciar junto ao Windows, clique sobre o nome do programa e vá até “Desabilitar” para removê-lo do boot. - Em "Restauração do Sistema" é possível gerenciar e excluir pontos de restauração que não sejam mais úteis. - Por fim, em "Limpeza do Disco" é possível otimizar o espaço livre em cada local de armazenamento a partir de três métodos. Este é o CCleaner, uma ferramenta indispensável em qualquer computador. Realizar limpeza é fundamental para manter a máquina sempre em bom estado e sem arquivos desnecessários. Créditos ao TechTudo!
  12. REQUISITOS para fazer pedidos: Ser registrado no fórum; Ter no mínimo 10 posts; REGRAS: Apenas um pedido por semana; Peça 1 item por pedido; Tente detalhar bem o que você quer; SIGA O MODELO ABAIXO: O que você quer?: Escrever algo? Se sim, o que: Cores/Imagens de preferência?: Outras informações (detalhe, se possível):
  13. Como fazer um bom tópico no fórum? Fala galera da ZG! Hoje irei tentar resumir os principais recursos que devem ser usados para fazer um bom tópico! Caso lembrem de alguma coisa que não foi dita, sinta-se e à vontade para responder aqui (irei completando aqui sempre que possível) 1) Título Tente fazer um título atrativo e que resuma bem o que será tratado em sua postagem. Evite usar muitas escritas em CAIXA ALTA, pois além de poluir o fórum, não é muito conveniente! Lembre-se que os textos em caixa alta são usadas para representar uma fala alta (grito) na linguagem virtual! Logo, não é conveniente o seu uso excessivo! 2) Conteúdo Creio que esse é o ponto principal de todo tópico, o mais importante! Uma postagem pode quebrar todos os recursos que estão sendo explicados aqui, mas se tiver um excelente conteúdo, já vale o post! Tente sempre trazer conteúdos completos e atualizados, postagens que realmente sejam úteis aos membros e que irá somar na zikagames. Lembre-se, também, que um bom uso da norma culta portuguesa é importante. Não estou sugerindo o excesso de formalidade, porém, quando escrevemos de forma correta, a mensagem é passada bem mais fácil! 3) Formatação e diagramação Quanto à formatação e à diagramação, penso que ela seja muito positiva para melhorar o visual do tópico. Muita gente não entende ao certo o que seria a formatação/diagramação, mas são conceitos bem básicos e que trazem um diferencial enorme! Aqui pode ser compreendido, por exemplo, a disposição das coisas, como o espaçamento entre o título e o conteúdo, o posicionamento das imagens, usar imagens para separar determinados tópicos, tudo isso visando diminuir a poluição visual do tópico. É importante ressaltar também que é interessante pensar em um padrão para o tamanho das letras do post, como exemplificado a seguir (assim que eu uso!): Título: Tamanho 28 Sub-títulos: Tamanho 20 Restante do texto: Tamanho 14 RECOMENDO O USO DOS BANNERS NOS TÓPICOS! CLIQUE AQUI! 4) Imagens e vídeos Todos sabem que ao abrir um tópico, a presença de imagens e vídeos, de maneira moderada, facilitam a compreensão do texto e deixam mais leve a leitura. Portanto, é interessante o uso desses recursos. Mas, o uso excessivo disso é bem prejudicial, poluindo o post ao invés de melhorá-lo! Além disso, tente ajustar o tamanho das imagens, para não ficar muito grande ou muito pequena (ajudando assim na formatação e na diagramação também). Segue abaixo um tutorial de como ajustar o tamanho das imagens e posicioná-las (clique para visualizar): 1) Anexe ou cole imagem que você deseja utilizar 2) Após isso, dê 2 cliques na image. Caso não dê, aperte a tecla control (Ctrl) + botão direito do mouse em cima da imagem. Selecione a opção Editar imagem. 3) Feito isso, será aberto o menu abaixo, onde você pode aumentar/diminuir o tamanho da imagem (deixe sempre as proporções!), além do alinhamento: 5) Cores As cores são um recurso muito importante também, assim como os demais. É importante usá-la por exemplo, para destacar alguma informação importante ou para diferenciar o título/sub-título do corpo do texto. Evite ao máximo fazer uma postagem com tudo colorido, pois isso cansa a visão e acaba atrapalhando a leitura do conteúdo! Use-a moderadamente! 6) Créditos Por último, e não menos importante, os créditos! Muita gente esquece dessa parte e vale a pena relembrar o quão necessária ela é! Resumindo, os créditos servem para informar para o leitor de quem é a autoria do conteúdo postado. Caso você não o coloque, presumisse que tal texto seja de sua autoria. Portanto, sempre coloque os devidos créditos ao final da postagem para evitar o plágio. Exemplo de como colocar: Fonte: NICKNAME da pessoa , Modificado por: NICKNAME Então é isso, um grande abraço! Atenciosamente, ryzen!
  14. icherango

    Para fazer o BHOP e muito simples basta pegar o time do pulo do personagem , ou seja, quando tiver caindo você clica barra de espaço, e pressiona a letra (A) e segue o mouse para a esquerda depois que vocÊ tiver caindo no chão clique espaço novamente e clique (D) e segue o mouse para a direita
  15. Ei pessoal! Neste guia vou mostrar como fazer uma bind de Jump Throw que deve estar atualizado, já que muitos binds estão desatualizados hoje em dia. Uma Jump Throw bind vai fazer você consistentemente jogar suas granadas no pico do seu pulo quando você está segurando o botão de jogar qualquer granada e pressionar o botão da sua Jump Throw.Existe duas formas de fazer uma Jump Throw Bind (as duas usam o mesmo comando) 1° forma: Console in Game. Abrindo o console dentro do game pressionando a tecla do lado esquerdo do "1": Vai aparecer isto: Digite no console: alias "+jumpthrow" "+jump;-attack" alias "-jumpthrow" "-jump" bind "n" "+jumpthrow" Feito isso você fez a bind. 2° Forma:Criando uma CFG. A segunda forma é acessando os arquivos do CS:GO. Para fazer isso vá no seus arquivos e na barra em cima copie e cole isso: C:\Program Files (x86)\Steam\steamapps\common\Counter-Strike Global Offensive\csgo\cfg PHEW! Você chegou lá? Se sim, bom trabalho! Está bem. Então agora o que você quer fazer é criar um novo arquivo de texto com o Bloco de Notas (iniciando o bloco de notas e salvando lá) e digitar este comando nele: alias "+ jumpthrow" "+ jump; -attack" alias "-jumpthrow" "-jump" bind "n" "+jumpthrow" Você pode mudar "n" para outra chave, mas eu não sugiro que você faça isso. Se você escolher ligá-lo a uma chave diferente, certifique-se de que a chave não esteja vinculada a outras ações no jogo. Agora, "SALVAR O ARQUIVO COMO" "jump.cfg" e verifique se ele é salvo no formato qualquer arquivo. Parabéns! Você agora tem seu JumpThrow Bind! Em seguida, abra o seu cliente Steam e entre na sua biblioteca. Clique com o botão direito em Counter Strike: Global Offensive e clique em propriedades (na parte inferior). Uma pequena janela irá aparecer e você verá um botão que diz "DEFINIR OPÇÕES DE INICIALIZAÇÃO". Clique neste botão e digite na caixa o seguinte comando: +exec jump.cfg Isso executará automaticamente o script jumpthrow toda vez que você iniciar seu CS: GO. No entanto, certifique-se de executar manualmente o arquivo de configuração pela primeira vez. Abra o console do desenvolvedor no jogo e digite: "exec jump". Agora, feche todas as janelas e inicie o CS: GO! Quando você estiver no jogo, você DEVE segurar o botão esquerdo do mouse quando tiver a granada na mão e, em seguida, pressionar a tecla que você ligou para o jumpthrow funcionar.Com o pino da granada puxado para trás, pressione a tecla do seu JumpThrow e você deve pular e jogar a fumaça ao mesmo tempo automaticamente RECOMENDAÇÕES: Existem alguns mapas da oficina para você treinar alguns lançamentos de granadas, vou deixar alguns links aqui: ------------------------------------- https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1639967396&searchtext=smokes https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=496123922&searchtext= https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=644518351&searchtext= https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=464056316&searchtext=




×