Zikagames - Início Ir para conteúdo
keyboard_arrow_down
account_circle Entrar

Entrar



  • Não recomendado para computadores públicos


  • Esqueceu sua senha?

person_add Cadastre-se

NotyPunch

Coordenador
  • Total de itens

    203
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    12

NotyPunch ganhou no último dia Setembro 15

NotyPunch teve o conteúdo mais curtido!

thumbs_up_down 98 ZIKA I

2 Seguidores

Sobre NotyPunch

  • Rank
    Coordenador

Informações pessoais

  • Gênero
    Masculino

Últimos Visitantes

586 visualizações
  1. Parece que os ‘leaks’ e rumores acerca daquilo que a Sony está a pensar oferecer em Agosto, não param! É que em boa verdade, a curiosidade aumenta exponencialmente no fim de cada mês, para saber aquilo que a PS Plus e Xbox Live Gold vão oferecer… Mas este não é o caso! Estamos basicamente a meio do mês, e já está tudo doido para saber o que vem aí, para o mês mais quente do verão de 2019. Portanto, segundo o mais recente rumor, a Sony pode estar a equacionar oferecer Battlefield V, da Electronic Arts O que acaba por ser bastante curioso, visto que há alguns dias, um outro rumor mencionava a possibilidade dos títulos oferecidos serem UFC 3 e Star Wars: Battlefront 2. Algo bastante improvável, visto serem 2 jogos da EA… Ainda por cima, numa altura em que o ‘Publisher’ está prestes a lançar o seu serviço de subscrição. No entanto, agora apareceu BF V com o símbolo da PS Plus, e a mítica palavra ‘Free’. Parece cada vez mais óbvio, que vamos ter pelo menos um jogo de alto gabarito da EA, na próxima vaga de jogos gratuitos. Ainda assim, tenho sérias dúvidas que seja Battlefield V, visto ter sido uma das grandes aposta do ‘publisher’, que apesar de não ter alcançado grande sucesso, ainda tem níveis de vendas bastante interessantes. Por isso, é preciso salientar que toda esta informação é baseada em rumores, e que por enquanto, não passa mesmo disso. Temos ao fim ao cabo, de esperar que a EA e Sony se pronunciem. Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo. CRÉDITOS leakpt (Texto e imagens) NotyPunch (Formatação)
  2. NotyPunch

    Bem, passou um tempinho desde que eu comecei a usar, e já posso confirmar algumas coisas pra vocês. (+/- Confirmando o que já havia escrito no tópico) (Tentarei escrever de forma bem sucinta) Em questão de privacidade, segurança, conteúdo e variações de configurações ele manda um sacõde" de 10/0 no Google, mas ai vem outra questão (que é a Conforto x Privacidade) Onde, ultilizando o Google, ele pega seus dados e seu historico para localizar melhores resultados no geral. Concluindo, Vale a pena SIM você testa-lo, já que não vai perder nada e nem enviar seus dados para uma agencia russa por ai para nenhum lugar. Talvez você perca um pouco sim, em comodidade , mas é algo bem recompensado na segurança, privacidade e estabilidade.
  3. Fernando "fer" Alvarenga comentou sobre a saída de Marcelo "coldzera" David do elenco da MIBR no Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). Ao ser questionados pelos seus seguidores em uma live na Twitch nesta terça-feira (9), fer afirmou que cold deixará da line up mesmo que a Made In Brazil vença a BLAST Pro Series Los Angeles, próximo compromisso do time. O jogador também falou sobre a possível ida de cold para a FaZe Clan, e disso não saber qual será o novo time do companheiro. Fernando Alvarenga confirmou que coldzera realmente não deseja permanecer na MIBR e, por isso, não faria sentido ele competir no próximo Major, o Starladder Berlin 2019. O jogador também fez questão de lembrar que respeita cold como pessoa e pro player e que deseja o melhor em sua caminhada. Os rumores da saída de coldzera vieram à tona no último domingo (7), quando o portal HLTV publicou em seu site que o jogador havia pedido para ir ao banco e deixar a equipe. De acordo com o site, coldzera estaria frustrado com os retrospecto negativo de sua equipe. Em especial, na última competição, a ESL One Cologne 2019, onde a MIBR foi eliminada com duas derrotas em dois confrontos disputados. O próximo compromisso da MIBR será na BLAST Pro Series Los Angeles, que acontece nos dias 13 e 14 de julho. O torneio conta com a participação de equipes como a FaZe Clan e a Team Liquid e terá um total de US$ 250 mil (cerca de R$ 950 mil) em premiações. Coldzera também deve estar no IEM Chicago, que acontece na semana seguinte entre os dias 18 e 21 de julho. CRÉDITOS TechTudo (Texto)
  4. NotyPunch

    Bom tópico irmão. Tinha ouvido falar dele há um tempinho, mas agora isso me deu mais segurança pra testar. Depois de um tempo vou voltar aqui pra deixar minha visão sobre.
  5. Um novo malware conhecido como Agent Smith, descoberto nesta quarta-feira (10), infecta usuários por meio de clones de apps como WhatsApp, MX Player e Truecaller e substitui os programas legítimos do Android por versões comprometidas com adware. Segundo especialistas da firma de segurança Check Point, que revelaram a ameaça, o ataque já atingiu cerca de 25 milhões de celulares rodando Android 5 (Lollipop) ou 6 (Marshmallow) na Índia, Paquistão, Bangladesh e outros países asiáticos. O código malicioso explora a vulnerabilidade Janus, descoberta no fim de 2017, para que os hackers faturem com a visualização da publicidade. A falha não afeta smartphones com Android 7 (Nougat) ou versões mais recentes do sistema do Google. O malware é distribuído por lojas alternativas de apps Android. Uma delas é a 9apps, ligada à Alibaba, gigante chinesa do e-commerce. Segundo a Check Point, a ameaça se disfarça como APKs de aplicativos populares para estimular a instalação. Para baixar esse tipo de programa, o usuário precisa, antes, remover manualmente as proteções do Android. Uma vez no celular, o aplicativo abre caminho para a instalação do malware Agent Smith, disfarçado de uma suposta atualização do Google. Ele, por sua vez, analisa os demais apps instalados no aparelho e faz o download de uma lista de clones com modificações no código. Após o download em lote, o malware explora a vulnerabilidade Janus para substituir os apps legítimos sem levantar suspeitas. Na sequência, os apps falsos entram em contato com redes de propagandas e começam a exibir banners de anúncios no telefone, e os hackers faturam com a visualização da publicidade. O APK que infiltra o malware no telefone fica com o ícone oculto, dificultando a identificação da raiz do problema. O levantamento da Check Point informa que, em média, cada vítima tem 112 apps trocados por versões falsificadas. Até o momento, as funções do malware têm sido exploradas principalmente para obter rendimentos provenientes de anúncios, mas especialistas alertam que as possibilidades são inúmeras. Em tese, o código poderia falsificar também aplicativos de banco, desde que o original já esteja instalado em um celular com Android desatualizado. Outra preocupação está relacionada à distribuição do ataque. Embora o fluxo de infecções tenha origem em lojas alternativas do Android, os especialistas em segurança chegaram a identificar ao menos 11 apps na Google Play Store que continham porções do código usado pelo Agent Smith. O Google foi avisado e os apps foram removidos da loja. CRÉDITOS NotyPunch (Formatação) TechTudo (Texto e imagens)
  6. A Microsoft lançou um tema nostálgico para usuários do Windows 10chamado Windows Throwback. Inspirado na primeira versão do sistema, de 1985, o pacote inclui nove papéis de paredes e sons do Windows 1.0. A novidade pega carona no lançamento da terceira temporada da série Stranger Things, da Netflix, cuja história se passa no mesmo ano. No tutorial a seguir, confira como baixar e instalar o tema nostálgico da Microsoft no seu PC com Windows 10. O procedimento foi realizado em um computador com a versão May 2019 Update, mas as dicas também valem para as edições anteriores do sistema. Passo 1. Acesse a página de download do tema (CLIQUE AQUI) ou abra o app da Microsoft Store e pesquise por "Windows Throwback". Feito isso, pressione o botão "Obter" e aguarde até que o conteúdo seja baixado para o seu computador; Passo 2. Quando o download terminar, selecione "Aplicar". As configurações de personalização do Windows 10 serão abertas; Passo 3. Por lá, selecione o tema "Windows Throwback" para aplicá-lo. Os sons do sistema serão alterados para o padrão do tema e as nove imagens de papel de parede aparecem de forma alternada, em modo de apresentação de slides; Passo 4. Caso queira voltar ao tema padrão do Windows 10 basta acessar as configurações de personalização do sistema e selecionar o tema "Windows". CRÉDITOS NotyPunch (Formatação) TechTudo (Tutorial, imagens e texto)
  7. Pesquisadores do Instituto Internacional de Ciência da Computação (ICSI) detectaram que ao menos 1.325 aplicativos para Android coletam dados dos usuários, mesmo quando as respectivas permissões não são concedidas. Os membros do ICSI, que apresentaram os resultados do estudo em uma audiência com o congresso norte-americano, informaram também que o Google foi avisado do problema em setembro de 2018, mas que uma correção para o problema só deveria chegar com o Android 10 (Q), a nova versão do sistema operacional. O estudo analisou mais de 88 mil aplicativos da Google Play Store para descobrir se eles respeitam as permissões que o usuário define como forma de impedir o acesso a determinados tipos de dados. Os pesquisadores descobriram que esses 1.325 aplicativos infratores usam métodos ocultos em sua estrutura para coletar dados sobre localização a partir de redes Wi-Fi, além de informações obtidas a partir dos chamados metadados de fotos: aqueles dados que acompanham cada foto que você faz no celular, como data, local, horário, etc. Outros apps simplesmente usam as permissões garantidas a outros programas para interceptar dados como o IMEI do aparelho celular. Ferramentas bem conhecidas como Baidu, Disneyland Park e Samsung Health foram flagrados com possibilidade de coletar essas informações. De acordo com os pesquisadores, esses aplicativos podem obter os dados mesmo que suas permissões de acesso tenham sido restringidas pelo usuário. Essas informações são depois direcionadas a servidores dos desenvolvedores na Internet, podendo ser exploradas comercialmente. Segundo o Google, o Android Q implementará correções que deverão impedir que aplicativos comprometam a privacidade do usuário. Um dos recursos permite configurar seus apps para que eles não tenham acesso à informação de local quando estão em segundo plano, mas somente quando são utilizados pelo usuário. CRÉDITOS NotyPunch (Formatação, tradução²) TechTudo (Texto, tradução¹ e imagens)
  8. "Tamo contando com isso! Se esse jogo revolucionar, pode ser o primeiro de muitos.
  9. Keanu Reeves Dating Simulator é um game cômico que leva jogadores a desenvolverem um relacionamento com o ator Keanu Reeves, disponível no jogo em várias versões baseadas em personagens de sua carreira e memes. O jogo foi produzido pela Strawberry Games em um conhecido software voltado para Visual Novels chamado Ren'Py. Keanu Reeves Dating Simulator pode ser baixado gratuitamente para PC Clicando Aqui, no qual o usuário pode também pagar um valor opcional a sua escolha para recompensar o criador do jogo. Keanu Reeves Dating Simulator A história começa quando o carro do personagem principal quebra em uma estranha cidade habitada apenas por diferentes versões da mesma pessoa: Keanu Reeves. Jogadores encontrarão versões dos filmes como Ted de Bill & Ted, Neo de Matrix, Sad Keanu dos memes e mais. São 9 versões diferentes de Keanu Reeves para se relacionar, cada qual com seu próprio final, além de um final secreto. Há atualizações prometidas para o futuro que poderão incluir mais versões do ator e também música, pois atualmente o game não tem trilha sonora. Segundo o desenvolvedor independente Strawberry Games, este foi seu primeiro jogo e foi todo feito em apenas um dia. As histórias de cada versão de Keanu Reeves não são particularmente longas, mas há um nível de desafio mínimo devido a escolhas a serem feitas que podem cortar qualquer chance de relacionamento com aquela versão de Keanu. CRÉDITOS NotyPunch (Formatação) TechTudo (Texto e imagens)
  10. Watch Dogs Legion tem o objetivo de levar a já popular franquia a um novo nível. O jogo para PS4, Xbox One e PC, apresentado pela Ubisoft na E3 2019, mantém a premissa original de hackers em um mundo aberto. Mas, dessa vez, permite que se jogue com todos as pessoas que você cruzar pelo caminho - ou seja, não existem figurantes, qualquer um dos milhares de personagens existentes podem ser jogáveis. O intuito é revolucionar! A história do game, apesar de não muito original, encaixa muito bem na proposta. Em uma Londres dominada pelo autoritarismo, corrupção e máfia, a população vive de forma caótica e sem esperança. Porém, uma organização de resistência chamada DedSec se usa da tecnologia para tentar livrar o país dessas ameaças políticas e sociais. A grande sacada na trama é o fato de não existir um personagem central. Você pode ser qualquer cidadão, e formar o grupo da resistência com todos os personagens com quem você cruzar no mapa do jogo. No teste do TechTudo, por exemplo, começamos jogando com uma senhora de idade, chamada Sophia. Acessando o perfil da personagem, é possível ver tudo: nome, idade, profissão, salário, estado civil etc. Com ela, entramos em um bar e começamos a hackear cada um das dezenas de pessoas que estavam ali, checando a vida de cada uma. Depois disso, foram escolhidas as pessoas mais interessantes para se unir à resistência. Para recrutar alguém, é preciso cumprir pequenas missões, até que ela esteja disponível para entrar no grupo e, assim, se tornar jogável. O jogo tem uma complexidade muito grande, já que é possível acompanhar a vida de todos ao redor, e cada um dos personagens tem traços de personalidade bem marcantes. Além disso, todas as mortes do jogo são permanentes - ou seja, se uma pessoa que você está controlando morrer na missão, é para sempre, mesmo que você crie uma afinidade enorme com ela. E não só isso: caso o personagem seja pego pela milícia da Máfia e acabe na cadeia, por exemplo, é preciso esperar todo seu tempo de penitência para voltar a ser jogável. A não ser que você arrisque invadir para tirá-lo de lá... Os gráficos de Watch Dogs Legion também são um destaque. Principalmente em relação à cidade de Londres, que foi recriada com muita perfeição. Vale a pena parar e dar uma olhada nos detalhes ao redor e até dentro dos prédios - os bares ingleses, por exemplo, são muito ricos em detalhes e têm uma ambientação perfeita. Vale lembrar que, nos PC, o game suportará DirectX Raytracing em máquinas equipadas com NVIDIA GeForce RTX, levando um realismo ainda maior para os jogadores nesta plataforma. Já em questão de jogabilidade, o novo Watch Dogs não traz nada que os antigos games da série já não tenham. Os ataques hackers, os tiros, os roubos de veículos. Tudo é bem parecido com o que já estamos acostumados, inclusive em outros títulos de mundo aberto. Ou seja: a principal aposta do Legion é mesmo na inovação de se jogar com centenas de personalidades diferentes. Por fim, o Watch Dogs Legion não chega a ser revolucionário, mas promete chamar muita atenção. Os cuidados com os detalhes e a complexidade dos personagens são destaques, e fazem do jogo um dos grandes títulos para 2020. Divertido, a novidade tem tudo para agradar uma legião de fãs, principalmente aqueles que já são adeptos dos games de mundo aberto. Trailer cinemático: CRÉDITOS NotyPunch (Formatação) TechTudo (Teste, imagens e texto)
  11. Demais mesmo. Como eu disse, isso dae varia muito conforme suas necessidades (jogo mais rapido ou mais lento) pra mim, eu já prefiro jogar com uma sens mais alta, mais movimentos... Valeu!
  12. Sensibilidade no CS:GO: Um assunto um tanto polemico. Alguns dizem que as melhores sensibilidades para se usar são aquelas mais lentas, mais baixinhas, seja para você ter mais precisão nos movimentos ou para ajudar no seu spray* e outros podem dizer também que as melhores são as mais altas, para você ter melhor movimentação no mapa, dar 360° baludo ou obter mais facilidade para movimentar a mira mais rapidamente. O correto é que, não existe melhor sensibilidade ou "sensibilidade de Pro-Player"; Na verdade, a sensibilidade tem de ser única para cada player, você precisa achar a que se adaptar melhor no seu Setup, e aquela que você se sente confortável usando. Nesse tópico, vou te mostrar como achar a SUA sensibilidade ideal para usar no CS:GO. Achando sua sensibilidade ideal: Como eu já disse, não existe a sensibilidade melhor, você precisa ver uma que se encaixe no seu quadro, tanto de Setup, gostos e de estilo de jogo. Para te ajudar nisso, vou criar mini-tópicos aqui, você vai responde-los para você mesmo e tirando suas propiás conclusões. Vale lembrar também que, para achar essa sensi*, você deve entrar em um mapa Offline (seja com bots ou algum de treino feito pela comunidade) e ir testando cada possibilidade de sensi*, da primeira vez que você testar, vai provavelmente estranhar a mudança, por isso, use os mini-tópicos de Guia, aplique as dicas e tente jogar algumas partidas e veja como vai ser melhor para você. Setup Quando eu falo em Setup, quero dizer especificadamente de três itens dele: Seu mouse, mousepad e seu monitor. O que eu quero que você entenda é: Com uma sensibilidade baixa, você precisa fazer movimentos mais longos para que sua mira se mova, então, se você tiver um Mousepad curto ou pequeno, talvez não consiga movimentar a mira de forma rápida de um ponto a outro, já que você vai precisar "remar" com o mouse; Isso não significa que não podes usar a sensibilidade baixa, apenas que isso pode dificultar no seu desenvolvimento no jogo. Da mesma forma que, se você tem um Mousepad grande (+30cm) podes usar tranquilamente a sensibilidade baixa, já que você vai ter o espaço que precisa, mas isso não significa que você não pode usar uma sensibilidade alta, apenas reduza seus movimentos nele. Sobre monitor e mouse, é bem simples de entender: O seu mouse permite você mudar a sensibilidade dele? Se sim, agora você precisa achar um equilíbrio de sensibilidade, ajustando-a no jogo e no mouse. Por outro lado, se seu monitor for muito pequeno, talvez você se confunda com uma sensibilidade alta, ficando meio tonto ou sem saber onde sua mira vai estar (isso é acontece muito com quem está iniciando agora no jogo, com um pouco de costume, você não sentirá mais isso). Foram apenas ideias, e algumas coisas que podem atrapalhar no seu desenvolvimento no jogo. Lembre-se, você é sempre livre para escolher a que melhor se encaixa no seu perfil, não necessariamente preso ao seu Setup. Estilo de jogo Estilo de jogo também é outro ponto importante para se pensar: Você como jogador, prefere sair se movimentando por ai? Bunnando, verificando Spots de forma rápida? Nesse caso, talvez você se sentiria melhor jogando com uma sensibilidade alta. Você prefere ficar marcando, esperando o erro do inimigo? Jogando mais "recuado"? Talvez uma sensibilidade alta te daria mais precisão e você se sentiria melhor com ela. Pontos positivos e negativos de cada uma: Sensibilidades baixas: Pontos positivos: Mira mais precisa, menos chance de errar o spray, mais chance de acertar o alvo. Mais tranquilidade in-game, por falta de movimentos muito rápidos. Pontos negativos: Movimentos mais lentos, o que prejudica na movimentação como um todo. Dificuldade em dar 360° Dificuldade para verificar spots rapidamente, te deixando um alvo mais fácil.. Sensibilidades altas: Pontos positivos: Movimentos mais rápidos, mais concentração in-game, mais facilidade para Bunnyhop ou pulos rápidos. Facilidade para verificar spots distantes. Facilidade para giros 360°, o que te torna um alvo mais difícil, mesmo que o inimigo te ataque pelas costas. Pontos negativos: Mira menos precisa, mais chance de errar o spray por conta da velocidade da crosshair. Imprecisão em movimentos curtos. Tópicos Relacionados: Tenha TODAS as facas do jogo de forma gratuita offline. Mitos em que você ainda acredita no CS:GO Um errinho bobo que pode assassinar sua mira por completo no CS:GO! CRÉDITOS NotyPunch (Texto, formatação, dicas, testes, conteúdo)
  13. Stranger Things é uma série que, apesar de jovem (com poucas temporadas), já mora no coração de muitas pessoas, principalmente daqueles apaixonados pelos incríveis anos 80. Ora, se Stranger Things é vintage e os jogos da época eram pixelados, faz todo sentido lançar um jogo no estilo, certo? Pelo menos é o que acha o pequeno estúdio The Duffer Bros. Os desenvolvedores (dois) se aproveitaram do The Game Awards para revelar um jogo sobre a terceira temporada da série do Netflix. Fidelidade Se na série o suspense e a ação ficam em evidência, em Stranger Things 3: The Game não poderia ser diferente. A busca foi por um jogo mais dinâmico, envolvendo muita ação, com porrada, tiros e bombas. Assim foi o trailer de anúncio do jogo, que contou com a ilustre participação pixelada do Delegado Hopper, interpretado pelo ator David Habour e de Joyce, vivida pela Winona Rider na série da Netflix. Isso já mostra um pouco do que esperar de Stranger Things 3: The Game, já que os usuários poderão controlar diferentes personagens, cada um com suas habilidades e/ou poderes específicos. Ainda não há muitas informações sobre o enredo ou a história do game, mas a garantia é que não faltarão monstros, mistérios e desafios, como na TV, aos jogadores que optarem por experimentá-lo. Stranger Things 3: The Game será a segunda experiência da Bonus XP, produtora de games, que já adaptou a primeira temporada, dessa mesma série, para plataforma de games móveis. Mesmo sem previsão oficial de lançamento, a Bonus XP prometeu que o jogo chegará em todas as plataformas do mercado. Tudo indica que o lançamento não deve ser muito distante do lançamento da próxima temporada da série da Netflix. CRÉDITOS NotyPunch (Formatação) MeuPS4Ntc (Texto e imagens)
  14. Coisas estranhas estão chegando na próxima semana! Stranger Things 3: The Game será disponibilizado a partir do dia 04 de julho, coincidindo com o lançamento da terceira temporada da série. Para promover o evento, a Sony disponibilizou um tema semi-estático gratuito na PlayStation Store. O novo tema promove mudanças no papel de parede e no menu dinâmico do PlayStation 4, conta com a “batida” já clássica da série e show de fogos de artifício ao fundo, com os jovens heróis em primeiro plano. Baixe aqui: Tema Stranger Things 3 – PlayStation Store Para aplicar o tema baixado: Selecione Configurações na tela de funções. Selecione a opção Configurações de tema para exibir uma lista de temas. Vá até o tema desejado e pressione o botão X uma vez para selecioná-lo e mais uma vez para aplicá-lo. CRÉDITOS NotyPunch (Conteudo e formatação) Imagens (Google)




×