Zikagames - Início Ir para conteúdo
keyboard_arrow_down
account_circle Entrar

Entrar



  • Não recomendado para computadores públicos


  • Esqueceu sua senha?

person_add Cadastre-se

Skouutz

Membro
  • Total de itens

    24
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

Skouutz ganhou no último dia Agosto 23

Skouutz teve o conteúdo mais curtido!

thumbs_up_down 24 Neutro!

Sobre Skouutz

  • Rank
    Novato!
  • Data de Nascimento 17-06-2005

Informações pessoais

  • Discord
    Skouutz#4294

Últimos Visitantes

345 visualizações
  1. caraca, achei muito dahora, agora vai facilitar bastante pra uma galera ai!
  2. Skouutz

    Fala galera, tudo ótimo? hoje vim recomendar alguns vídeos muito bons do TZN SHOW onde ele ensina as principais granadas da OVERPASS, eu aprendi muito com este vídeo, espero que com vocês seja o mesmo, hehe tmj pessoal! SMOKES FLASHBANGS: MOLOTOVS: Espero que vocês gostem dos vídeos, e só pra acrescentar, vou deixar as redes sociais dele: -Twitch: https://twitch.tv/tznshow -Twitter: https://twitter.com/rodrigotzn -Instagram: https://instagram.com/rodrigotzn.
  3. Skouutz

    Não entendo de programação, mas belo post 👍
  4. Foto: Reprodução/BLAST Pro Series. A BLAST Pro Series São Paulo chegou ao fim, com vitória da Astralis - campeã do último Major de Counter-Strike: Global Offensive - sobre a Team Liquid, garantindo o prêmio de US$ 125 mil e continuando a hegemonia de títulos no cenário competitivo do game. A Astralis chegou até a final do torneio invicta, com cinco vitórias, mostrando sua habilidade no CS:GO em todos os jogos. O confronto Dust2 No primeiro mapa da série md3 (melhor de três) a disputa foi acirrada. A Liquid começou no lado terrorista conseguindo uma vantagem de três rounds. Os dinamarqueses reagiram, mas o time do capitão Nicholas "nitr0" Cannella fechou o primeiro half em 8 a 7. Em seguida, a Astralis chegou a virar o jogo, mas a Liquid reconquistou a dominância e conseguiu a vitória do mapa por 16 a 13. Inferno A Astralis scomeçou no lado terrorista e dominou o mapa com tranquilidade sobre a Liquid. A reação dos adversários só veio no final do primeiro half, mas mesmo assim os dinamarqueses finalizaram o primeiro tempo em 11 a 4. Em seguida, a Liquid pareceu se encontrar no jogo e venceu um bom número de rounds. Contudo, a Astralis garantiu o mapa com vitória de 16 a 8. Overpass Os dinamarqueses já começaram exercendo muita pressão sobre a Liquid e mantiveram a vantagem durante todo o tempo, fechando o primeiro half em 13 a 2. Na troca de lado, a Astralis só terminou o que já tinha começado e conquistou a vitória por 16 a 2. A MIBR, equipe brasileira formada pelos jogadores Gabriel "FalleN" Toledo, Fernando "fer" Alvarenga, Marcelo "coldzera" David, Epitacio "TACO" de Melo, Joao "felps" Vasconcellos e pelo treinador Wilton "zews" Prado participou do torneio, mas não teve uma boa campanha. O time perdeu todas as cinco partidas que disputou no campeonato. Em entrevista, TACO afirmou que a equipe não está merecendo o carinho da torcida brasileira. Antes do início do torneio, a MIBR conversou com o Versussobre sua preparação e expectativas para o torneio. AS INFORMAÇÕES UTILIZADAS NESTE TÓPICO SE ENCONTRAM DISPONÍVEIS NESTE LINK.
  5. psé, mas pra mim isso foi muita mancada com os fans da iBuyPower, vender a vitória por causa de skins, muito revoltante.
  6. Os jogadores norte-americanos de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) da iBuyPower protagonizaram um episódio inédito no cenário mundial em agosto de 2014. Em partida contra a NetcodeGuides, pela quinta temporada da CEVO Professional League, a equipe que era franca favorita a vencer o jogo perdeu por um placar elástico: 16x4. A derrota inesperada gerou desconfiança e rumores de que a partida havia sido perdida de propósito, o que foi comprovado em janeiro de 2015, após investigações. Os rumores foram corroboradas como verídicos pelo jornalista Richard Lewis, em janeiro de 2015. Lewis trabalhava em um site de apostas de CS:GO e publicou um artigo com evidências de que a maioria dos jogadores da iBuyPower haviam apostado contra o próprio time e perdido a partida de propósito. Line up da iBuyPower envolvida no escândalo de apostas no CS:GO — Foto: Reprodução/ESEA Além dos atletas que atuaram na partida, outros jogadores também foram envolvidos no escândalo, como Derek "dboorN" Boorn. Mensagens do atleta para uma ex-namorada, por aplicativo de texto, foram utilizadas como evidências para caracterizar o matchfix (resultado combinado, em tradução livre). Conforme as investigações seguiam, um novo fato veio à tona. O site NetcodeGuides.com, que dava nome ao time e tinha como proprietário Casey Foster, possuía Sam "DaZed" Marine, capitão da iBuyPower, como co-proprietário. Isto tornou ainda mais suspeita as atividades em relação ao escândalo. No final do mês de janeiro do mesmo ano, a Valve se posicionou. Por meio do artigo "Integrity and Fair Play" (Integridade e Jogo Limpo, em tradução livre), a desenvolvedora declarou que "depois de investigar as atividades em contas relevantes, foi possível perceber que uma quantidade substancial de skins de alto valor dos jogadores da iBuyPower e de Casey Foster, fundador da NetCodeGuides.com, foi apostada". Com a informação, a empresa decidiu, em um primeiro momento, banir indefinidamente os envolvidos de qualquer evento patrocinado por ela. Saiba quem foram os punidos: Duc "cud" Pham - Ex-jogador aspirante. Proprietário de uma das contas realizadoras das apostas; Derek "dboorN" Boorn - Ex-jogador profissional de CS 1.6 e CS:GO. Participou de campeonatos de prestígio internacional, sendo campeão da Major Esea Invite Finals Season 4, em 2009. Proprietário de uma das contas realizadoras das apostas; Casey "caseyfoster" Foster - Ex-jogador profissional de Counter-Strike: Source e co-proprietário da NetcodeGuides Sam "DaZeD" Marine - Ex-jogador profissional de CS 1.6 e CS:GO e co-proprietário da NetcodeGuides.com. Entre suas atuações mais notáveis, terminou em terceiro lugar na primeira Major da história do CS:GO, a ESWC 2012; Braxton "swag" Pierce - Ex-jogador profissional de CS:GO. Foi campeão da RGN Pro Series, quarto lugar na cs_summit 1 e primeiro na Minor Fragadelphia 11; Keven "AZK" Larivière - Ex-jogador profissional de CS 1.6 e CS:GO. Venceu na ESEA Global Finals Season 15, ESEA Season 16 - Global Invite Division, CEVO Season 5 Professional e ficou em segundo na FACEIT League - Season 2; Joshua "steel" Nissan - Ainda em atividade. Atua pela Ghost, mas só pode participar de campeonatos que não possuem patrocínio direto da Valve. Em julho de 2017, os jogadores tiveram suas punições suspensas dos eventos organizados pela ESL e ESEA. Em setembro do mesmo ano, a organizadora de campeonatos DremHack seguiu o movimento e também liberou os jogadores para atuarem em seus torneios. TODOS AS INFORMAÇÕES UTILIZADAS NESTE TÓPICO ESTÃO DISPONÍVEIS NESTE LINK.
  7. Skouutz

    Obrigado cara, é gratificante o feedback que estou recebendo de todos vocês!
  8. boa, tópico interessante, vou ler ele por completo agora!
  9. Skouutz

    vlw man pretendo continuar assim!
  10. Skouutz

    Fala galera blz?, já que não vi um tópico relacionado a nova caixa do csgo aqui, tomei a liberdade de eu mesmo fazer, bom vou estar mostrando oque veio de novo nesta caixa, como skins de faca, e skins de armas. Bom, a respeito das skins novas de faca, está atualização trouxe as seguintes skins abaixo: e de skins de armas novas a atualização trouxe uma surpreendentemente AWP | ATHERIS que na minha opinião, acabou de ser a AWP mais linda do jogo, confia as skins: AS INFORMAÇÕES UTILIZADAS NESTE TÓPICO ESTÃO DISPONÍVEIS NO TWITTER DO CSGO_DEV, ACESSE O TWITTER CLICANDO AQUI.
  11. Skouutz

    Muito bom as novidades, esperamos por mais outras surpreendentes !
  12. Skouutz

    É isso ae manin, conte comigo no que precisar, SEJA BEM VINDO!
  13. Skouutz

    Obrigado, skin não precisa ser cara pra ser bonita :D




×